quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Sugestões litúrgicas para dinamizar as celebrações do mês de AGOSTO de 2010

AGOSTO 2010 – TEMPO COMUM – ANO C

Mês de oração pelas vocações.

Décimo Oitavo Domingo do Tempo Comum (31 Julho - 01 Agosto 2010)

Vocação sacerdotal. 04 de Agosto é dia do Padre.

1ª Leitura: Eclesiástico 1,2; 2,21-23: De todos os seus trabalhos, o que resta agora ao homem?
Salmo 90 (89): Vós fostes ó Senhor, um refúgio para nós.
2ª Leitura: Colossenses 3, 1-5.9-11: Esforçai-vos por alcançar as coisas do alto, onde está Cristo.
Evangelho: Lucas 12, 13-21: Parábola do homem rico.

- Frases temáticas:
O dinheiro: Uma falsa segurança.
Para quem ficará o que acumulaste?
Buscai os bens que não acabam.
Esforçai-vos por alcançar as coisas do alto, onde está Cristo.
Tesouro no céu: Uma riqueza que não se perde.
Cristo não escolher o caminho do poder para fazer justiça.

- Espaço celebrativo:
A cor litúrgica para essa dia é o Verde.

Evitar a correria de última hora. A equipe deve se preparar durante a semana refletindo os textos bíblicos e verificando quais são os gestos e ações a serem valorizados em cada celebração. Especialmente as vocações para cada domingo desse mês.

Espalhar pelas laterais da Igreja os cartazes com esses tesouros permanecem: amizade, solidariedade, atenção aos mais necessitados, paz, escuta, acolhida, amor, caridade, fé, entre outros.

- Procissão de entrada:
Trazer cartazes com imagens ou objetos referentes às vocações desse final de semana: Diácono, Padre e Bispo.

- Ritos inicias:
Lembrar a vocação desse domingo: Vocação sacerdotal. Dia 4 de Agosto é dia do Padre.

- Liturgia da Palavra:
Em lugar do comentário antes das leituras o coral pode cantar suavemente um mantra ou refrão meditativo que ajude a criar um ambiente de escuta e atenção a Palavra que vai ser proclamada.

- Preces:
Rezar a oração pelas vocações.

Ou rezar nas preces pelos seminaristas, diáconos, padres e bispo de nossa diocese.

- Liturgia Eucarística:
Sempre que possível procure-se cantar as respostas da Oração Eucarística, o Santo, o Amém da doxologia e o Cordeiro de Deus.

Sugestão: Oração eucarística da Reconciliação I.

- Ritos finais:
A despedida pode ser em consonância com o mistério celebrado: Ajuntai vosso tesouro no céu, ide em paz...

Convidar a comunidade a fazer um gesto concreto como rezar pelas vocações sacerdotais ou realizar alguma doação para o seminário.



Décimo Nono Domingo do Tempo Comum (07-08 Agosto 2010)

Vocação familiar. Dia dos pais.

1ª Leitura: Sabedoria 18, 6-9: Aquilo com que puniste nossos adversários, serviu também para glorificar-nos.
Salmo 33(32): Feliz o povo que o Senhor escolheu por sua herança.
2ª Leitura: Hebreus 11, 1-2.8-9: Esperar a cidade que tem Deus mesmo por arquiteto e construtor.
Evangelho: Lucas 12, 32-48: Parábola dos empregados não-vigilantes.


- Frases temáticas:
Ficai de prontidão, em trajes de serviço e com as lâmpadas acessas.
Somos administradores de muitos dons.
Esperar, confiar e agir.
Onde está o vosso tesouro?

- Espaço celebrativo:
A cor litúrgica para essa dia é o Verde.

- Acolhida:
Acolher afetuosamente os pais.

Entregar a cada um que chega uma vela para ser acesa durante o Evangelho em sinal de vigilância.

- Procissão de entrada:
Convidar todos os pais presentes na assembléia para participar da procissão. Com as velas acesas.

- Ritos iniciais:
Lembrar a vocação desse domingo: Vocação familiar. Dia dos pais.

- Liturgia da Palavra:
Convidar os pais para proclamarem as leituras. Ou convidar os membros de uma mesma família para proclamar as leituras, salmo e preces. Exemplo: Pai: 1ª leitura, filha: canta ou lê o salmo, Mãe: 2ª leitura e filho: as preces.

Enquanto se canta a Aclamação ao Evangelho acendem-se as velas de todos na assembleia. Se possível apagar as luzes da Igreja.

Durante a proclamação do Evangelho, algumas pessoas com velas podem ladear a mesa da Palavra. Ao término da proclamação o livro é apresentado à assembleia que o saúda com palmas enquanto a equipe de música repete o refrão do canto de aclamação ao Evangelho.

- Homilia:
Falar da missão dos pais e da família à luz das leituras de hoje.

Após a homilia pode haver o testemunho de alguns pais em relação à sua missão na família e na sociedade. Combinar esse momento com antecedência.

- Preces:
Rezar a oração pelas vocações.

Ou rezar nas preces pelos pais e pelas famílias de nossa comunidade.

- Liturgia Eucarística:
Sempre que possível procure-se cantar as respostas da Oração Eucarística, o Santo, o Amém da doxologia e o Cordeiro de Deus.

Sugestão: Oração eucarística V.

- Ritos finais
Fazer uma pequena homenagem aos pais. Se possível entregar alguma lembrancinha a eles.

Lembrar que hoje inicia-se a Semana da Família.

Despedir com essas palavras: Vigiai sempre, Ide em paz...

Se for oportuno dar a bênção especial, no final da celebração, para os pais.



Solenidade da Assunção de Nossa Senhora (14-15 Agosto 2010)

Vocação Religiosa

1ª Leitura: Apocalipse 11, 19-12,1-6.10: Uma mulher vestida de sol, tendo a lua debaixo dos pés.
Salmo 45(44): À vossa direita se encontra a rainha, com veste esplendente de ouro de Ofir.
2ª Leitura: I Coríntios 15, 20-17: Cristo, como primícias; depois os que pertencem a Cristo.
Evangelho: Lucas 1, 39-56: Maria visita sua prima Isabel e canta o Magnificat.


- Frases temáticas:
Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto do teu ventre.
O Todo-poderoso fez grandes coisas em meu favor.
Maria nos ensina a solidariedade com os necessitados.
Crer e assumir o projeto de Deus.
O Senhor realiza maravilhas em Maria e em nós.

- Espaço celebrativo:
A cor litúrgica para essa solenidade é o Branco.

- Acolhida:
Fazer uma acolhida especial as famílias, pois esse domingo marca o encerramento da Semana Nacional das Famílias.

- Procissão de entrada:
Convidar uma família para entrar com a imagem de Nossa Senhora.

Ou pode entrar com a imagem uma ou duas mulheres grávidas.

- Ritos iniciais:
Lembrar a vocação desse domingo: Vocação Religiosa: Aqueles que dedicam sua vida à serviço do Reino, por meio de consagração ou profissão dos votos de pobreza, obediência e castidade. 

- Liturgia da Palavra:
Durante as leituras uma família pode segurar velas e permanecendo em volta do ambão da palavra até o final do Evangelho.

A primeira leitura seja proclamada por uma mulher, se possível grávida ou por uma jovem adolescente.

A segunda leitura pode ser proclamada pelo esposo da mulher grávida que proclamou a primeira leitura.

O Evangelho pode ser dialogado (Narrador e duas vozes femininas) ou encenado. E o cântico do Magnificat cantado.

- Homilia:
Se houver algum religioso ou consagrado na celebração convidá-lo para partilhar suas experiências de serviço ao Reino de Deus nesse mundo.

- Preces:
Rezar a oração pelas vocações.

Rezar pelos religiosos (as) que trabalham ou já trabalharam na comunidade, dando testemunho do serviço ao Reino, pela vida consagrada.

Rezar também pelas grávidas e na intenção do encerramento da Semana da Família.

- Liturgia eucarística:
Cantar o Magnificat como canto de comunhão.

Cantar “Nossa Senhora” de Roberto Carlos ou a Ladainha de Nossa Senhora, como pós-comunhao.

- Ritos finais
Abençoar o povo com a bênção solene de Nossa Senhora.

Fazer uma pequena homenagem aos religiosos e religiosas presentes na celebração.

Lembrar daqueles que conhecemos e nos comprometer em rezar pela sua vocação.



Vigésimo Primeiro Domingo do Tempo Comum (21-22 Agosto 2010)

Vocação leiga

1ª Leitura: Isaias 66, 18-21: E reconduzirão, de toda a parte, vossos irmãos.
Salmo 117(116): Proclamai o Evangelho a toda criatura.
2ª Leitura: Hebreus 12, 5-7.11-13: O Senhor corrige a quem ele ama.
Evangelho: Lucas 13, 22-30: Senhor abre-nos a porta! e ele responderá: Não sei de onde sois.


- Frases temáticas:
Estreita é a porta para entrar no Reino.
Esforçai-vos por entrar pela porta estreita.
Reino de Deus: Festa a que todos estão convidados.
Reino, não para poucos, mas para todos.
Passamos pela porta estreita em busca de um mundo novo.

- Espaço celebrativo:
A cor litúrgica para essa dia é o Verde.

Seria muito bom se nesse dia a celebração começa-se do lado de fora da Igreja. No Ato Penitencial todos entram por apenas uma porta da Igreja ou com a porta entreaberta.

- Acolhida:
Na entrada um cartaz com os dizeres: Reino de Deus: Festa a que todos estão convidados.

- Ritos iniciais:
Lembrar a vocação desse domingo: Vocação Leiga: Todos aqueles que assumem algum serviço na comunidade.

- Liturgia da Palavra:
Na liturgia da Palavra, assumimos a atitude de escuta e nos colocamos atentamente com o “ouvido do coração” para ouvir e acolher a Palavra do Senhor. Um refrão meditativo pode substituir o comentário antes das leituras, pois ajuda a sensibilizar o coração: “Fala, Senhor, fala da vida, só tu tens palavras eternas, queremos ouvir” ou “Escuta, Israel, Javé teu Deus vai falar. Fala, Senhor, Javé, Israel quer te escutar”, ou outro que a comunidade saiba cantar.

- Homilia:
É importante que ela não perca sua dimensão orante, dialogal e profética, evitando-se discursos teóricos e moralistas, que abafe a proposta pedagógica do Evangelho de Lucas que nos acompanha na liturgia desse ano.

- Preces:
Rezar a oração pelas vocações.

Rezar por todos os agentes de pastoral que se dedicam aos serviço do Reino na nossa comunidade.

- Liturgia eucarística:
Sugestão: Oração eucarística IV.

- Ritos finais:
Convidar todos os leigos a se dedicarem a algum trabalho pastoral na comunidade.

Benção final do Tempo Comum IV

As palavras de envio em consonância com o mistério celebrado: Esforçai-vos para entrar pela porta estreita e praticai a justiça do Reino. Ide em paz...




Vigésimo Segundo Domingo do Tempo Comum (28-29 Agosto 2010)

Dia do Catequista

1ª Leitura: Eclesiástico 3, 19-20.30-31: Sê humilde, e encontrarás graça diante do Senhor.
Salmo 68(67): Com carinho preparastes uma mesa para o pobre.
2ª Leitura: Hebreus 12, 18-19.22-24: Vós vos aproximastes do monte de Sião e da cidade do Deus vivo.
Evangelho: Lucas 14, 1.7-14: Quem se eleva, será humilhado, e quem se humilha, será elevado.


- Frases temáticas:
A escolha do último lugar.
O Senhor exalta os humildes.
Aos pequeninos Deus abre o Reino.
Na comunidade há lugar para todos.
Quem se eleva, será humilhado, e quem se humilha, será elevado.

- Espaço celebrativo:
A cor litúrgica para essa dia é o Verde.

A liturgia de hoje pode ficar aos cuidados dos catequistas.

- Acolhida:
É bom fazer um breve ensaio, antes da celebração, dos cantos e refrões do dia. Lembrando de deixar um breve tempo de silêncio para que a assembléia se prepare para a ação celebrativa.

- Procissão de entrada:
Convidar os catequistas para participarem. Trazendo cruz, velas, bíblia e outros símbolos ligados à sua missão.

- Liturgia da Palavra:
Convidar os catequistas para proclamarem as leituras, salmo e preces.

- Homilia:
É bom, à luz das leituras de hoje, falar da missão dos catequistas. Alguns deles podem partilhar sua experiência com a comunidade.

- Profissão de fé:
Convidar todos os catequistas para professarem sua fé diante da comunidade.

- Preces:
Rezar a oração pelas vocações.

Rezar pelos catequistas vivos e falecidos de nossa comunidade.

- Liturgia eucarística:
Acentuar os momentos de silêncio, principalmente, após a comunhão.

- Ofertório:
Na procissão do ofertório os catequista podem ofertar seu material de trabalho.

- Ritos finais:
Os catequizandos podem preparar uma pequena homenagem aos seus catequistas.

Se for oportuno dar uma bênção especial, no final da celebração, para todos os catequistas.

- Observações finais:
Adaptar essas dicas à realidade da comunidade.
Tomar o cuidado para não sobrecarregar a celebração de símbolos.
O símbolo deve falar por si mesmo, não fazer longas explicações sobre os símbolos.
Usar as frases temáticas em cartazes espalhados pela Igreja, na porta de entrada ou trazê-los nas procissões de entrada, da Palavra ou do ofertório

Referência:
PEREIRA, José Carlos. Liturgia: sugestões para dinamizar as celebrações. Petrópolis: Vozes, 2009.

Outras publicações recomendadas:
Guia litúrgico pastoral. CNBB
Roteiros homiléticos. Projeto nacional de evangelização. CNBB
Deus conosco: Reflexões e sugestões litúrgicas. Aparecida: Santuário.
Missal Dominical. Paulus

Um comentário:

Elke disse...

Caro Marcio venho a te dar os parabéns por vc nos ajudar a enriquecer mais as nossas Celebrações, e tembém venho verificar contigo se vc ja tem algo para as missas do mês de setembro de 2010, fico no aguardo e que Deus continue a lhe dar muita sabedoria e paz, fique com Deus.

Abaixo deixo meu email paa contato: elkelichtnow@hotmail.com